ROTA e-Sports - 10 anos de amizades


 
InícioPortalFAQBuscarRegistrar-seConectar-se

Compartilhe | 
 

 Hans-George Borck Experiência de vida

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Cap.Virgulino
Tenente
Tenente
avatar

Data de inscrição : 30/01/2011
Número de Mensagens : 533
Reputação : 35
Pontos : 6476
Idade : 66
Cidade : Apucarana - Pr
Clan : Rota
Advertências no TS :
0 / 50 / 5

Advertências no Forum :
0 / 50 / 5


MensagemAssunto: Hans-George Borck Experiência de vida   3/7/2011, 16:29

Vejam como os heróis surgem....


Nota de Falecimento: Hans-Georg Borck






Hans-Georg Borck
(24/09/1921 - 08/05/2011)

Faleceu
no último dia 8 de maio em em Hagen, na Alemanha, de causas naturais
aos 89 anos de idade, o ganhador da Cruz do Cavaleiro, Hauptmann Hans-Georg Borck.


Nascido em Hagen, filho de um professor, Borck terminou seus estudos em 1940,
sendo então em outubro convocado para o 3º Batalhão de Engenharia da
Reserva. Passando para o 2º Batalhão em março de 1941, ele completou seu
treinamento e foi designado para 79º Batalhão de Engenharia Panzer, da 4ª Divisão Panzer, em Poznan.


Com essa unidade, tomou parte na Operação Barbarossa,
lutando em Brest-Litovsk, Bobruisk, Smolensk e Gomel. Entre setembro de
1941 e fevereiro de 1942, Borck foi enviado para um curso avançado de
engenharia em Dessau, e em abril foi comissionado Leutnant. Ele então
recebeu o comando de um pelotão do 209º Batalhão de Engenharia,
da 11ª Divisão Panzer, participando assim das batalhas em Voronezh e
Kharkov. No fim de junho de 1942, o avanço de seu pelotão foi impedido
por quatro tanques soviéticos T-34. Borck então liderou um audacioso
ataque de homens contra blindados, tendo sozinho destruído dois dos tanques inimigos. Por essa ação ele ganhou a Cruz de Ferro de 1ª Classe e duas Insígnias de Destruição de Tanque em Prata,
costuradas na manga direita de seu uniforme. Ferido em ação pouco
depois, Borck recebeu uma licença médica, mas retornou em dezembro para
assumir o comando da Companhia.


Defendendo posições em Kolotowska, no rio Don, ele mais uma vez provou-se um soldado de extrema bravura
pessoal. Em 7 de fevereiro de 1943 a 7ª Divisão Panzer estava, com muita dificuldade, contendo um pesado ataque blindado soviético. No meio do tremendo esforço para segurar a linha, um tanque T-34
perfurou as defesas alemãs. Ao perceber isso, Borck imediatamente
correu em direção ao blindado soviético, subindo nele e detonando-o com
um explosivo de carga oca. O ataque inimigo foi contido, e Borck
recebeu grande parte dos créditos por destruir o único que havia
penetrado as defesas. Em 11 de março ele recebeu a Cruz Alemã em Ouro
por esta ação, bem como sua terceira Insígnia de Destruição. Em 1 de
abril, Borck foi promovido a Oberleutnant, e foi seriamente ferido
durante a Batalha de Kursk.


Retornando ao front em setembro de 1943, sua unidade foi cercada no Bolsão de Cherkassy. No infernal ambiente dentro do cerco, ele recebeu temporariamente o comando do 2º Batalhão do 3º Regimento de Granadeiros Panzer.
Nesse comando, ele liderou um desesperado contra-ataque que segurou um ataque blindado soviético, no qual os soldados alemães se envolveram em combate à queima-roupa com os tanques inimigos. Borck destruiu mais um tanque em combate pessoal, e foi o único sobrevivente da ação. Por este feito de crítica importância para impedir a destruição
das tropas alemãs dentro do bolsão, Hans-Georg Borck foi condecorado com a Cruz do Cavaleiro da Cruz de Ferro em 23 de dezembro de 1943 - e também sua quarta Insígnia de Destruição. Após recuperar-se de seus
ferimentos, ele fez mais um curso avançado de engenharia, sendo em
seguida enviado para um posto de estado-maior em Berlim. Borck foi
promovido a Hauptmann em 1 de março de 1945, e foi capturado pelos
americanos em abril, sendo libertado em novembro.


Hans-Georg Borck retornou à sua cidade natal de Hagen, onde passou o restante da vida. Ele deixa esposa e três filhos.

Foto autografada de Hans-Georg Borck.

_________________







Voltar ao Topo Ir em baixo
Arkonida
Tenente
Tenente
avatar

Data de inscrição : 28/03/2011
Número de Mensagens : 555
Reputação : 24
Pontos : 5763
Idade : 43
Cidade : Limeira/SP.
Clan : ROTA
Advertências no TS :
0 / 50 / 5

Advertências no Forum :
0 / 50 / 5


MensagemAssunto: Re: Hans-George Borck Experiência de vida   3/7/2011, 22:07

Só peço que reparem que igual a MUITOS, ele lutava pela Alemanha, não por Hitler.
Diversoso de seus Generais eram assim, Devotos da Pátria, não do Louco.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Hans-George Borck Experiência de vida   4/7/2011, 07:59

@Arkonida escreveu:
Só peço que reparem que igual a MUITOS, ele lutava pela Alemanha, não por Hitler.
Diversoso de seus Generais eram assim, Devotos da Pátria, não do Louco.
Arkonida falou um verdade,muitos agiam por sua patria e pelo povo,e eram manipulados de todas as formas por seus superiores.
Parabens pelo topico Virgulino..positivado! yes
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Hans-George Borck Experiência de vida   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 

Hans-George Borck Experiência de vida

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
ROTA e-Sports - 10 anos de amizades :: Outros Assuntos - Fóruns Abertos :: Correio Militar-
Criar fórum | © phpBB | Fórum grátis de ajuda | Assinalar uma queixa | Criar um fórum